Mulher diz que levou soco na boca de PM durante abordagem no DF

Raniele Lima, 22 anos, afirma ter sido agredida após questionar abordagem feita ao marido; Polícia Civil investiga o caso

Uma mulher de 22 anos diz ter sido agredida com um soco na boca por um policial milital, após questionar a abordagem feita ao marido no bairro Residencial do Bosque, em São Sebastião, no Distrito Federal. O caso ocorreu na última quarta-feira (5) e está sendo investigado pela 30ª Delegacia de Polícia.

Raniele da Silva Lima contou que estava tirando as roupas do varal de casa quando ouviu um barulho no portão, por volta das 15h, e se deparou com o policial dentro de sua casa. Ao questionar o motivo de ter entrado sem autorização, ela diz que o PM a pegou pelo pescoço, jogou na parede e deu um murro em sua boca.

De acordo com a Polícia Militar do DF, Alessandro Inácio de Jesus, que mora com a jovem, foi abordado depois de dirigir uma moto de forma imprudente e fugir dos policiais. Segundo Raniele, o marido trabalha como motorista de aplicativo.”O dono da moto apreendida fugiu e a abandonou no chão da garagem. Quando um policial desceu da viatura e verificou a situação do veículo, foi agredido por moradores da região”, informou a PMDF em nota.

A motocicleta foi apreendida por direção perigosa do condutor e por falta de documentação do veículo, penalidade prevista no CTB (Código de Trânsito Brasileiro).

Por causa das lesões, Raniele passou por exames no IML (Instituto de Medicina Legal). O caso foi registrado como lesão corporal leve e está sendo apurado pela 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião. Nas imagens é possível ver a mão do policial ferida após o suposto soco.

Imagens mostram a mão do PM ferida após suposto soco em mulher no DF
ARQUIVO PESSOAL

Fonte: R7

Recommended Posts

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.